De bem com a inteligência

“Trate a sabedoria como sua irmã e o entendimento como o seu melhor amigo.” Pv 7.4

A lição na escola primária era clara e simples: os animais são seres irracionais; os seres humanos são seres racionais. Quem esquece? Pois, talvez porque durante um certo tempo só a razão parecia ter algum valor, parece que entramos numa época em que o que conta é apenas a emoção, a autossatisfação.

Agora somos estimulados a fazer o que nos der na telha, “sem pensar”. Daí que falamos e agimos sem pensar, consumimos sem pensar e até comemos sem pensar. Não nos damos conta de que, dessa maneira, abrimos mão do valioso dom concedido por Deus e que nos confere um lugar especial na criação: a capacidade de raciocínio. 

É muito bom que a humanidade esteja reaprendendo a dar a devida atenção aos sentimentos e às emoções, mas é tolice extrema abrir mão do “direito” de pensar, analisar, escolher, planejar, projetar o futuro… Uma coisa não exclui a outra. Pensamento e sentimento se complementam.

Não é hora de fazermos as pazes com o intelecto e experimentarmos a plenitude que Deus sonhou pra nós? E que tal começarmos pelo amor? “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças (…) Ame o seu próximo como a si mesmo.” (Mc 12.30,31)

Bom dia!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: